quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Sobre receitinhas vegetarianas que são amor!

Pode fazer um post pessoal, porém com alguns toques de utilidade pública?

Eu contei nesse post aqui que eu sou vegetariana e todo o processo que me levou a largar o consumo de carne, além de experiências que tive.

O filho do Inri Cristo é vegano!

Desde que eu escrevi esse post, várias coisas mudaram na minha vida, e de alguma forma acho que minha relação com a comida também. Por exemplo, ainda não sou vegana, mas diminui muito o consumo de ovos e leites. Praticamente só como quando são ingredientes em alguma receita.

Tenho que falar que sendo vegetariana, ter o apoio da minha família é mais do que essencial. Gente, sério, minha mãe faz a melhor proteína de soja que comi na vida. 7 a 1 em muitos restaurantes famosinhos por aí. Sem ela, minhas tias e primas adaptando a comida para mim, sei lá o que eu faria. Por exemplo, dia desses a minha prima fez Cuscuz Paulista, um grandão com caldo de carne e sardinha pra todo mundo, e um pequeno só com legumes pra mim :)

Outra coisa que descobri e que tem sido incrível é o grupo Ogros Veganos, no Facebook, que tem sempre receitinhas incríveis. Graças a eles, também passei a reparar em vários alimentos que não costumava usar, e estou me alimentando muito melhor. Por muito tempo achei que soja seria a base da minha dieta, mas que nada. Nem só de soja vive um vegano.

Em um hambúrguer, você pode trocar a soja por grão de bico, por exemplo! Aliás, tem uma teoria que rola por aí e eu concordo muito: você pode fazer hambúrguer de qualquer coisa, basta adicionar temperinhos, farinha de trigo e passar na farinha de rosca pra fritar.


Antes de mandar aqueles links maravilhosos que sempre salvam minha vida quando estou com fome, deixa eu contar uma coisa que aconteceu comigo esses dias. Encontrei um lugar que faz delivery de comida vegana congelada. Comprei uma panqueca com proteína de soja sabor calabresa, até para diferenciar dos recheios que costumo comer. Pois bem, não é que a panqueca tinha realmente gosto de calabresa? Meu estômago rejeitou completamente, mesmo eu sabendo que não era carne aquilo ali. Passei muito mal mesmo :( Bom, pelo menos agora sei que carnívora é algo que não devo voltar a ser.

Mas vamos aos links:

No Natal fiz um Kibe de Berinjela que não me canso de falar. Pega a receita:



Para mais receitinhas incríveis, tem o site do Cantinho Vegetariano. O legal do Cantinho é que são receitas bem tranquilinhas, pra fazer no dia a dia mesmo.

Já falei no post do Ogros Veganos, mas sério, entrem e descubram que veganos não vivem só de alface, apesar do que nossas avós costumam dizer.

O Buzzfeed (meu mozão da internet), também tem várias postagens bacanas sobre veganismo. Só clicar nos bichinhos!



                 







8 comentários:

  1. Não sou vegetariana por motivos pessoais, mas acho interessante quem resolve ser. Quando você falou sobre o apoio da família, lembrei de uma colega que morou comigo. A menina aproveitou que saiu da casa dos pais para mudar a sua alimentação, disse que não queria que sua mãe precisasse fazer a comida dela separada. Mesmo assim vi o apoio que a mãe dava a ela, mandava uma caixa de ovo enorme toda semana com medo da filha ficasse sem proteína.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, se a família não entender fica bem complicado... No meu caso, minha mãe incorporou bem o meu vegetarianismo à rotina da casa. Tipo, não é todo dia que ela prepara carne e tal. Mas o lance de proteína é bem tranquilo, desde que você se alimente direito,já que você encontra ela nos vegetais (notei que depois que parei de comer carne, comecei a prestar mto mais atenção no que eu como, o que é um grande ganho).

      Bjo!

      Excluir
  2. Não sou vegetariana, mas acho que o apoio da família é fundamental para quem deseja ser. Digo isso, porque aqui em casa minha mãe já crítica quando não gosto do prato que ela prepara e fala que sou enjoada =(

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim, apoio é sempre essencial!
      Vivo ouvindo que sou enjoada, mas daí eu explico numa boa que não é questão de paladar, mas de escolha. Sempre funciona! Tenta essa... hahaha

      Bjo!

      Excluir
  3. *babando pelo Jared*
    Cara, juro que já tentei parar de comer carne. Já tentei entrar nessa linha vegana (não por modinha nem nada, mas por saúde) só que eu não consigo, sério mesmo. Se eu mudasse minha rotina alimentícia, todo mundo dentro de casa também iria mudar e como não sou eu que preparo aa comida aqui fica mais difícil ainda.Enfiiim, admiro quem consegue ♡
    entrenospicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que homem, né, Dê? <3 Aliás, tô na campanha #JaredLetoVoltaCabelodeJesus!
      Você parou de uma vez? Porque muita gente aconselha ir parando aos poucos, sabe? Tipo, tira um dia para não comer carne, depois corta a carne vermelha durante a semana e por ai vai. Mas olha, eu sempre digo, se as pessoas reduzissem um pouquinho só o consumo de carne já faria um bem danado ao meio ambiente!

      Bjo

      Excluir
  4. Um dos maiores orgulhosa essa semana foi conseguir fazer o Kibe de Beringela! Ficou maravilhoso! Não sou vegetariana e nem vagana, não conseguiria haha, mas amo fazer receitas saudáveis. Obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você fez! <3 Que legal!
      Fica maravilhoso, né? Minha ceia de Natal não deixou a desejar pra de ninguém por causa desse kibe. Me salvou :)

      Bjo

      Excluir