terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Sobre Projeto #12meses12coisas

Eu bem que tinha falado no último post que janeiro tinha sido corrido, mas é que era começo de fevereiro e eu nem imaginava tudo o que estava por vir (quer dizer, uma parte imaginava, já que descobri que serei madrinha do bebê mais fofo do mundo há uns meses).

Agora, o que jamais passou pela minha cabecinha é que em um lindo eu estaria cara a cara com Tim Burton! Mas disso escrevo depois, que ainda não processei bem o encontro :´)

Por enquanto, tudo o que eu quero é um projetinho, desses que compartilham amor. Daí que tava dando uma voltinha pelos blogs do meu core quando encontrei o Oh, wow, lovely e descobri o Projeto #12meses12coisas, lá do Lemao Doce. Muito obviamente decidi participar.

O tema desse mês é “12 citações que me inspiram”. Já adianto que botei citação, mas não resisti e coloquei uns poeminhas também, tá bem?!

1. Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre! 
Paulo Freire
 2. Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira. 
Cecilia Meireles  
3.

4. O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando." 
Clarice Lispector
5. "Um homem diz a um psiquiatra: "Dr., meu irmão é maluco, ele pensa que é uma galinha". O médico diz: "Então, porque você não o interna?". Ao que o homem responde: "Bem, eu o internaria, mas acontece que preciso dos ovos". Assim é como me sinto sobre relacionamentos, eles são completamente irracionais, malucos, absurdos, mas continuamos, insistimos porque a maioria de nós precisa dos ovos".
Woody Allen
6. 
 

7. A gente ama não é a pessoa que fala bonito. É a pessoa que escuta bonito.
Rubem Alves
8. Sempre vejo anunciado cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória. Todo mundo quer aprender a falar. Ninguém quer aprender a ouvir.
Rubem Alves
9.

10. Palavras são, na minha nem tão humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia, capazes de ferir e de curar.
J.K. Rowling

11. Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: "Leve tudo que for desnecessário". Ando cansada de bagagens pesadas. Daqui para frente levo apenas o que couber no bolso e no coração.
Cora Coralina

12.

P.S. A citação da Clarice Lispector é de um texto chamado "As vantagens de ser bobo", que é uma das melhores coisas da vida. Olha só!

Gostou? Você pode conhecer mais do projeto clicando aqui embaixo:



quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Sobre "O sistema é mal, mas minha turma é legal" #2

Tá que esse post deveria ter saído mês passado, porém não deu ¯\_(ツ)_/¯

Gente, o que foi janeiro?

Tá que teve coisas incríveis (Paraty!), mas passou rápido demais. Tenho uma mania terrível chamada: querer abraçar o mundo. Daí eu fico arrumando vários trabalhos e projetinhos, e quando vou ver não consigo nem postar tudo o que eu li de mais legal nos blogs que eu sigo.

Mas olha, mesmo com todo o atraso, tá aqui, do fundo do coração!

Belivs - Sabe aquele texto que você lê e se identifica muito? Assim como a Livia, tenho essa mania de perfeição (virgem com capricórnio pode explicar um pouco meu jeitinho). Para aqueles que também possuem medo de falhar aconselho muito a leitura do post!

Lado do Meio - Sabe do que você precisa quando tem muita coisa pra fazer? Alguns diriam procrastinação, mas o certo mesmo é organização — a Jake pode explicar melhor...

Rhuanytta - Post: Músicas para Levantar o Astral. Motivos para você clicar aqui: tem Sidney Magal #ReiDasMinhasFaxinas

Amor Eterno. Amor Verdadeiro.

Visão Periférica -Ten um poust muinto legal da Sali sobre os textos que é escrito tudo errado. Agente tem de que tomar muinto cudado senpre, né, mig@s?

Finding Neverland - Quase chorei lendo a resenha desse livro por motivos de: O Jardim Secreto é um dos meus filmes preferidos na infância.

Pensamentos Valem Ouro - Olha esse poema fofo! Lembrei daquele episódio de HIMYM (sim, de novo) que o Ted fala que todos nós carregamos bagagens...

Melhor série ever!

Lua Vai - Sabe aquele desafio das 52 semanas? A Luana tá fazendo parte dele e já tá na semana 47. Te aconselho a ler esse post e todos os outros 46...

Penduricalhos - Tem projetinho novo no Penduricalhos! Vi e fiquei louca porque sou dessas que acreditam em energia e poder das cores...

Bianca e os Balões - Tag de Netflix? Tá tendo também!


Um Diário Quase Normal - Tá quarta-feira de cinzas ainda, daí que nada melhor que rever uns filmes, né?

A Talking Movie - 6h da manhã foi quando minha amiga me mandou o trailer de Me Before You no whatsapp. Fiquei mal o dia todo? Sim, fiquei.

Mundo Colorido de Bia - Pelo amor de Deus: vocês precisam clicar aqui e ver o cachorro da Bia de fones de ouvido! é muita fofura s2



Enfim, Resolvido! - Não escrevi aqui, mas tô fazendo academia. O objetivo não é ganhar abdômen negativo, mas me movimentar um pouco. Tudo a ver com esse post da Laise!

É isso! Cliquem a vontade que é tudo post lindo s2


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Sobre WE S2 LISTAS - Músicas para levantar o astral

Começo de ano é hora de voltar com todos os projetinhos, né? Por isso, eu, a Jade, a Bianca, a Rhu, a Carol e a Dara nos reunimos para mais um WE S2 LISTAS, esse conjunto de posts que, unidos, resultam em um listão (que todos vão concordar, é bem melhor do que textão — principalmente os que aparecem lá no Facebook).

Como ainda estamos em janeiro, a esperança tá renovada e a ceia é uma memória bonita e recente em nossas vidas, eu e as meninas combinamos de listar músicas para levantar o astral e garantir que o ano vai ser bom. Eu confesso que gosto mesmo é de música pra ficar na bad (inclusive, ouçam Damien Rice!), e então resolvi deixar essa lista mais pessoal, com algo que eu verdadeiramente ame, no caso séries. Dá uma olhada:


How I Met Your Mother

Eu sei que de cada 5 posts que eu faço, pelo menos em três dou um jeito de citar essa série (e saibam que é tudo culpa da Luana, do Lua Vai, que me apresentou ao Ted), mas é porque ela se encaixa tão bem com tudo, que é impossível deixar de fora. Por exemplo, que outra série tem um personagem que escreve em um blog e faz lista de músicas de animar?


1. You give love a Bad Name – Bon Jovi (sim, a música número 1 da lista do Barney s2).
2. 500 Miles - The Proclaimers (tentem ouvir essa música por mais de 10 vezes. Perceberam? Ela não perde o encanto...).
3. Shake it Out – Florence and the Machine (porque quando uma porta se fecha...).
4. Heaven – The Walkmen (melhor música de encerramento de série ever!).
5. Simple Song – The Shins (Mother!).


Supernatural

Uma galera fala que Supernatural devia ter terminado na 5ª temporada, mas daí eu pergunto: “como íamos ficar sem esse elenco maravilhoso aprontando altas confusões em Vancouver?”. Depressão só de pensar. Como 90% da trilha sonora da série é formada pelo bom e velho rock'n'roll, cata a guitarra e vem caçar coisas:


6. Eyes of the Tiger – Survivor (cata a guitarra - parte 1).
7. Back in Black – AC/DC (cata a guitarra - parte 2).
8. What a Wonderful World – Joey Ramone (cata a guitarra - parte 3).
9. Heat of the Moment – Asia (cata a guitarra - parte 4).

New Girl

Tá que só com a Zooey Deschanel cantando aquela musiquinha de abertura eu já quero vomitar um arco-íris enquanto jogo cartas com um unicórnio! Separei algumas outras músicas que aparecem em alguns dos episódios da série mais fofinha que eu acompanho:



10. (I've Had) The Time of My Life –  Bill Medley e Jennifer Warnes (Patrick Swayze, seu lindo!).
11. Dancing With Myself – Billy Idol (um sonho: tocar essa música em alguma baladinha).
12. Caress Me Down – Sublime (posso assumir que amo reggae?).
13. What's Up? – 4 Non Blondes (me faz lembrar das festinhas flashback da minha mãe).


Agora vem uma categoria especial: a de músicas que são aberturas de séries.

Friends



14. I'll be There For You - The Rembrandts
Acho que deve ser meio complicada a vida de quem não  tem uma fonte para dançar dentro...



Blossom




15. My Opinionation - Dr. John
Um dia ainda compro um girassol de plástico pra colar no chapéu.


Confissões de Adolescente



16. Sina – Djavan
Só formou o meu caráter seriador ❤




O Sistema



17. Top Top - Mutantes
Tem como não se animar com Rita Lee cantando que vai te sabotar?




Para o resto da lista, só ir clicando nessas lindas:


http://www.maraviilhosasdescobertas.com.br/


Dara, do Maravilhosas Descobertas



Rhu, do Blog da Rhu


Bianca, do Bianca e os Balões


Carol, do Abigas da Carol


Jade, do A Dona da Frida

E para ouvir todas as músicas, tem playlist no Spotify! (Brigadinha, Jade!)


quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Sobre receitinhas vegetarianas que são amor!

Pode fazer um post pessoal, porém com alguns toques de utilidade pública?

Eu contei nesse post aqui que eu sou vegetariana e todo o processo que me levou a largar o consumo de carne, além de experiências que tive.

O filho do Inri Cristo é vegano!

Desde que eu escrevi esse post, várias coisas mudaram na minha vida, e de alguma forma acho que minha relação com a comida também. Por exemplo, ainda não sou vegana, mas diminui muito o consumo de ovos e leites. Praticamente só como quando são ingredientes em alguma receita.

Tenho que falar que sendo vegetariana, ter o apoio da minha família é mais do que essencial. Gente, sério, minha mãe faz a melhor proteína de soja que comi na vida. 7 a 1 em muitos restaurantes famosinhos por aí. Sem ela, minhas tias e primas adaptando a comida para mim, sei lá o que eu faria. Por exemplo, dia desses a minha prima fez Cuscuz Paulista, um grandão com caldo de carne e sardinha pra todo mundo, e um pequeno só com legumes pra mim :)

Outra coisa que descobri e que tem sido incrível é o grupo Ogros Veganos, no Facebook, que tem sempre receitinhas incríveis. Graças a eles, também passei a reparar em vários alimentos que não costumava usar, e estou me alimentando muito melhor. Por muito tempo achei que soja seria a base da minha dieta, mas que nada. Nem só de soja vive um vegano.

Em um hambúrguer, você pode trocar a soja por grão de bico, por exemplo! Aliás, tem uma teoria que rola por aí e eu concordo muito: você pode fazer hambúrguer de qualquer coisa, basta adicionar temperinhos, farinha de trigo e passar na farinha de rosca pra fritar.


Antes de mandar aqueles links maravilhosos que sempre salvam minha vida quando estou com fome, deixa eu contar uma coisa que aconteceu comigo esses dias. Encontrei um lugar que faz delivery de comida vegana congelada. Comprei uma panqueca com proteína de soja sabor calabresa, até para diferenciar dos recheios que costumo comer. Pois bem, não é que a panqueca tinha realmente gosto de calabresa? Meu estômago rejeitou completamente, mesmo eu sabendo que não era carne aquilo ali. Passei muito mal mesmo :( Bom, pelo menos agora sei que carnívora é algo que não devo voltar a ser.

Mas vamos aos links:

No Natal fiz um Kibe de Berinjela que não me canso de falar. Pega a receita:



Para mais receitinhas incríveis, tem o site do Cantinho Vegetariano. O legal do Cantinho é que são receitas bem tranquilinhas, pra fazer no dia a dia mesmo.

Já falei no post do Ogros Veganos, mas sério, entrem e descubram que veganos não vivem só de alface, apesar do que nossas avós costumam dizer.

O Buzzfeed (meu mozão da internet), também tem várias postagens bacanas sobre veganismo. Só clicar nos bichinhos!



                 







sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Sobre eu e a moda

Pensa em alguém que desde pequena é antenada no mundo da moda, que aos 5 anos já usava sandália de saltinho, aos 8 sabia combinar cores e agora, aos 25, sabe de tudo o que rolou na SPFW. Pensou? Pois bem, essa não sou eu :P

Pra começar, meus pais nunca curtiram muito essa coisa de tendência, sabe? E nem levavam a sério esse lance de produtos de meninas e produtos de meninos, o que eu considero uma das melhores coisas da minha infância. Eles meio que compravam qualquer coisa que achassem muito legal. Por exemplo, meu presente de 4 anos foi uma coleção de camisetas do Rambo (mesma estampa, cores diferentes) que eu usei muito e depois ainda passei pra minha irmã.

Histórinha: fui procurar uma imagem qualquer do filme pra colocar aqui. Morri de rir porque essa é exatamente a estampa das minhas camisetas :P


Usei vestido da mesma forma que camisetas de futebol. E também usava coletes. Muitos. Tenho certeza que minha mãe se inspirava em Annie Hall pra me vestir, porque só isso explica a mistureba que ela fazia. Pra completar o visual, óculos de aros bem grossos (naquela época não era moda, eu usava porque tinha o olho tortinho) e botas ortopédicas pretas.

Minha mãe também me ensinou que importante mesmo era estar confortável, o que explica as muitas vezes que eu fui pra escolinha com a calça de moletom por baixo da meia, uma forma de evitar tomar friagem.

Obviamente catei a foto melhorzinha, onde as cores da roupa tão combinandinho e o cabelo tá penteado — o que acontecia muito raramente. Entretanto, os óculos e as botas estão aí #hipster

Quando tava mais mocinha, resolvi customizar minhas roupas. O resultado eram blusas com cortes estranhos nas mangas e calças manchadas de um jeito 'conceitual', o que combinava muito com meu cabelo de mechas #00'girls. Depois tive a fase mística, onde só usava saias ciganas e blusinhas de tricô. Melhor época, porque podia enrolar um lençol na cintura e falar que era meu estilo.

Dai que hoje em dia meu guarda-roupa é basicamente feito de calça jeans e blusas pretas e cinzas, com um ou outro vestidinho, só pra caso precisar. Sem graça? Sim! Mas eu li uma matéria que falava que esse tipo de roupa era uma tendência  entre várias pessoas, entre eles o amigo Zucker. Eles chamam de moda minimalista. Eu chamo de preguiça de ficar escolhendo roupas.



Pois é, pela primeira vez estou na moda. Acho que é melhor trocar de estilo de novo. Ok se eu usar ombreiras?